Seja o primeiro a receber nossas atualizações

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

O que são Suporte e Resistência – Análise Técnica

23 de novembro de 2017

O que são Suporte e Resistência?

A análise técnica utiliza a leitura dos gráficos para determinar possíveis pontos de compra ou venda de ativos. Uma das maneiras mais utilizadas pelos investidores para observarem regiões importantes de preço desses ativos, é através das linhas de suporte e resistência.

Suporte e resistência são regiões onde ocorre uma grande disputa entre os compradores e vendedores. A dificuldade dos preços se moverem para acima (resistência) ou para abaixo (suporte) é o que forma essas regiões.

Mas para entender melhor como são formadas as regiões de suportes e resistências no gráfico,  você precisa primeiro aprender o que são números de força.

O que são números de força?

Os investidores guardam na lembrança grandes marcos e as cotações nas quais ganharam muito ou perderam muito; essas regiões se tornam barreiras onde ocorre uma grande briga entre compradores e vendedores, criando as regiões de suporte e resistência.

Abaixo está um exemplo de um suporte  – RAPT4 (Randon Participações):

RAPT4

numeros_de_força

Na imagem acima, podemos notar que o preço do ativo quando está em queda, não consegue romper uma determinada região e volta a subir, formando uma região de suporte.

Por várias vezes a linha de suporte é tocada e o toque dessa linha proporcionou ao menos 3 ótimas oportunidades de compra, apostando que o preço não romperia essa região e voltaria a subir, porém em um determinado momento a força vendedora é tão intensa que rompe essa região.

O que são Suportes?

São níveis de preços em que a força vendedora ao longo do tempo não teve força para romper em movimentos de baixa. Podemos considerar a região de suporte como a área em que o preço está “abaixo do mercado”, onde o interesse dos compradores é forte o suficiente para superar uma força vendedora.

Como traçar uma linha de suporte no gráfico?

Para traçar uma linha de suporte no gráfico, ligamos os fundos consecutivos com retas na horizontal (como no exemplo abaixo).

O que são Resistências?

As resistências são níveis de preços nos quais a força compradora ao longo do tempo não conseguiu superar essa região e continuar subindo. Uma resistência é a região onde o preço está “acima do mercado”, e por esse motivo a força vendedora é superior à força compradora.

Como traçar uma linha de resistência no gráfico?

Para traçar uma linha de resistência, ligamos os topos consecutivos com retas na horizontal (como no exemplo abaixo).

Operando com Suporte e Resistência

O teste destas linhas ou seu rompimento, costuma oferecer boas possibilidades de operações.

Muitos investidores utilizam uma estratégia simples para negociar um ativo utilizando suportes e resistências; comprar no suporte e vender na resistência, mas algumas vezes ocorre o rompimento dessa região de suporte e resistência, sendo importante contar com estratégias para proteção do capital e também para aproveitar esses acontecimentos.

Outro ponto importante é que quanto mais vezes o mercado “bater e voltar” na linha (suporte ou resistência), mais forte é a confiabilidade da barreira de preços.

Quando ocorre um rompimento da resistência ou suporte, existe uma tendência desses pontos se reverterem, ou seja, um suporte se torna resistência e vice-versa.

Quer aprender uma estratégia para transformar os seus resultados em operações Day Trade? Clique no banner abaixo e participe da minha aula online gratuita!